PUB
mascote
PUB


06 June, 2015 Vem aí um novo preservativo feminino revolucionário

Com wireless, Bluetooth, um vibrador e a promessa do orgasmo certo.

Um preservativo feminino que é também um vibrador que estimula directamente o clitóris. É uma invenção que promete uma revolução, entregando às mulheres mais poder na hora da prática de sexo seguro - este preservativo pode colocar-se até oito horas antes das vias de facto.

Vem aí um novo preservativo feminino revolucionário

Um coração mágico

Baptizado como VA w.o.w., o que pretende dar uma ideia do prazer que ele proporciona às mulheres, o vibrador mais revolucionário do momento está apetrechado com um mecanismo vibratório interactivo com Bluetooth que funciona através de Wireless. E tudo isto em forma de coração!

É uma invenção da empresa norte-americana IXü que promete que será mais agradável usá-lo do que não usar preservativo algum.

A ideia que presidiu a esta criação sui generis foi combinar "preservativos femininos básicos com miniaturas de brinquedos sexuais electrónicos extremamente populares", conforme salienta a empresa no seu site da Internet.

Este novo preservativo feminino é composto por um pequeno vibrador inserido no aro externo que fica situado contra o clitóris, quando se coloca, e que funciona por controle remoto através de um sistema wireless. Garante assim satisfação completa, promete-se, já que a maioria das mulheres precisa de estimulação directa no clitóris para atingir o orgasmo - pode saber mais sobre o assunto no artigo Toda a verdade sobre o clitóris.

Na outra extremidade, a que fica dentro da vagina, há uma esponja que garante que o preservativo fica perfeitamente no seu lugar.

O VA w.o.w. pode ser colocado até oito horas antes da prática do sexo.

PreservativoFeminino2

Em processo de aprovação na Autoridade norte-americana responsável, a Food and Drug Administration, este inovador preservativo feminino deve chegar às prateleiras do mercado Europeu dentro de um a dois anos.

Mas, há desde já garantias de satisfação por parte das mulheres que o usaram, conforme ilustra um inquérito levado a cabo pelos responsáveis da IXü.

  • 70% das mulheres que experimentaram o VA w.o.w. pela primeira vez atingiram o orgasmo.
  • 100% das mulheres que experimentaram o VA w.o.w. pela quarta vez atingiram o orgasmo.

Mais poder às mulheres

Em 2013, a Fundação de Bill Gates atribuiu fundos da ordem dos 100 mil dólares cada a 11 empresas para que trabalhassem no desenvolvimento da "nova geração" de preservativos. No âmbito deste projecto surgiram as versões origami, outras feitas de grafeno e ainda umas fabricadas à base de tendões de vaca, mas eram maioritariamente preservativos para os homens.

A IXü é a primeira empresa a focar-se no desenvolvimento de preservativos femininos, ajudando assim a atribuir às mulheres o poder de controle da prevenção de DST´s e de Infeções Sexualmente Transmissíveis. E este é um extraordinário passo quando muitos homens se recusam ou não se preocupam em utilizar qualquer tipo de protecção no sexo, apesar de haver muitas formas de pôr um preservativo de forma sexy.

As mulheres ficam assim com mais poder de escolha na hora de cuidarem da sua saúde e também acrescentam mais uma opção à lista de métodos contraceptivos, constituindo-se o preservativo como uma alternativa sem efeitos secundários, contrariamente à pílula, por exemplo, que tem muitas complicações associadas.

Esta nova criação da IXü é uma versão muito diferente dos primeiros preservativos lançados nos anos de 1990, feitos em poliuretano e que provocavam grande ruído e fricção durante o sexo, além de serem vistos como incómodos e dificultadores do orgasmo masculino.

O CEO da IXü, Brian Osterburg, releva na página da Internet da empresa de Michigan que com estes novos preservativos tecnológicos se dá um passo definitivo rumo à evolução.

"Sentimos que esta é a forma de trazer os preservativos femininos para o Século 20 com a tecnologia usável e os aparelhos eléctricos. QUalquer que seja a afirmação de moda que se quer marcar com a sua protecção."

Entretanto, a IXü já trabalha noutras novidades, tendo em perspectiva lançar em breve preservativos controlados por telemóveis e outros capazes de estimular os cinco sentidos através da emissão de vibrações, de sons, de calor e de luz.

Gina Maria

Gina Maria

Moça católica e de boas famílias, apaixonada por secretas fantasias, eternamente interessada em mais, mais, mais...

blog comments powered by Disqus