PUB
mascote
PUB


03 agosto, 2017 Caminhada

Deitamo-nos ambos na erva húmida, a nossa roupa está espalhada no chão...

Fomos um grupo de amigos passar uns dias numa zona que era verdadeiramente abençoada pela natureza, linda e verdejante.

Caminhada

Éramos todos amigos há muito tempo, e sim havia uma química, uma sparkle entre nós, algo que sempre tentei desvalorizar, há muito tempo que não passávamos tempo juntos, e já sabemos que quando queremos desvalorizar algo... é dar espaço e tempo, e aguardar.

Almoços e jantares bem regados, boa disposição, histórias verdadeiramente hilariantes e piadas que nos fizeram rir juntos, não há nada como o bom humor para aproximar as pessoas

Estávamos todos num chalé, uma noite decidimos ficar por ali, fizemos um jantar simples, e estávamos sentados na mesa redonda em alegre conversação.
Uma música suave que eu tinha posto a tocar da minha playlist preferida invadia o espaço. Já tínhamos bebido uns copos de vinho, não demasiados, mas os suficientes para estarmos menos inibidos, o álcool é conhecido por ser conhecido como um lubrificante social, mas no meu caso já não era apenas social...

Ficámos sentados de frente um para o outro, e a determinada altura descalcei um sapato, e coloquei o pé ao de leve no meio das tuas pernas. Vi na tua cara que o gesto surpreendeu-te... pela positiva, discretamente acariciaste-me o peito do pé e reposicionaste-o... cuidadosamente e sem dar nas vistas rocei o meu pé na protuberância nas tuas calças, até sentir o teu sexo retesar-se sob as carícias.

Sem dar nas vistas, piscaste-me o olho e eu sorri... estava mesmo a ficar excitada com a situação e a música do Prince também é propícia... a estas cenas...

I never meant to cause you any sorrow
I never meant to cause you any pain
I only wanted one time to see you laughing
I only want to see you laughing in the purple rain

Era Verão e estavam uns dias grandes, só anoitecia já bem tarde. Decidimos todos ir dar um passeio em grupo pelas redondezas, havia perto um lago e uma floresta, alguns trilhos agradáveis para passear, e ainda havia mais de uma hora de luz.

A verdade é que às tantas, o grupo dispersou-se, e ficamos os dois distanciados dos outros. Continuamos a andar, mas sempre que a oportunidade surgia tocávamo-nos.
Deste-me a mão para me ajudar numa subida! Abraçaste-me pela cintura num trilho mais largo. Dirigias-te a mim e tocavas-me na face, até que chegamos a uma arriba, não dava para continuarmos por ali.

Era uma escarpa enorme, em cima onde estávamos tinha muitas árvores, sentimo-nos pequeninos no meio de uma imensidão tão grande, mas ao mesmo tempo preciosos, o fato de estarmos vivos e podermos apreciar esta grandeza torna-nos verdadeiramente especiais.

Demos as mãos e os nossos olhos e sentidos absorveram apenas o que nos rodeava. Inspiramos fundo, fechamos os olhos e ouvimos o som da água a correr ao longe.

I only want to see you bathing in the purple rain

Calmos, relaxados, sentimos necessidade de fazer parte disto, de comungar com a natureza…

Era tudo tão verde, não estava frio, mas havia alguma humidade no ar, a erva verde tinha gotículas de orvalho, e refletia a luz de final de tarde.
Senti-me como que num local encantado!

Ajoelhamo-nos na erva, de frente um para o outro de mãos dadas, olhos fechados a ouvir a natureza que nos rodeava. É incrível como o planeta fala por nós... quando as palavras são desnecessárias.

Senti os teus lábios nos meus, macios e carinhosos, um beijo suave, sugaste-me o lábio de cima depois o de baixo com lascívia.
Abrimos os olhos, estávamos incrivelmente perto os nossos narizes quase que se tocavam, senti que vias para dentro de mim, eu estava já perdida dentro dos teus olhos escuros.
Às vezes precisamos de nos perder para nos encontrar!

Tiramos a roupa um ao outro lentamente, estava uma aragem muito agradável, já nus, sentimos a aragem a acariciar o nosso corpo, sinto-me excitada e arrepiada ao mesmo tempo. Sinto os meus mamilos retesarem-se, dá-me uma sensação tão boa que se sente lá embaixo.
Quero-te, quero-te muito!

Ambos queremos um ao outro, sabemos que aquilo que estamos prestes a fazer não é permitido segundo as regras da sociedade, mas ali no meio da natureza, pertencemos ambos a algo muito maior, maior que nós e muito maior que a sociedade em que vivemos. A natureza tem as suas próprias regras...

Completamente nus! Envolves-me num abraço longo e apertado! Inspiro longamente, sinto o cheiro da erva molhada e o teu cheiro envolve-me e aumenta ainda mais o meu desejo. O teu corpo roça no meu, as minhas mamas pressionadas contra o teu peito, e sinto a tua pila dura de desejo a roçar o interior das minhas coxas.

I never wanted to be your weekend lover
I only wanted to be some kind of friend
baby I could never steal you from another
it's such a shame our friendship had to end
purple rain, purple rain…

Deitamo-nos ambos na erva húmida, a nossa roupa está espalhada no chão, e não alberga a totalidade dos nossos corpos, mas sabe bem sentir a erva!
Ficamos deitados na lateral virados um para o outro. Não temos pressa, a escuridão está a chegar, mas estamos perto de ver a luz.

Caminhada2 MissFantasy

Acaricias a lateral do meu tronco, enquanto me beijas novamente, ficas por cima de mim, de desces o meu corpo com beijos, enquanto me acaricias sem pressa. Fazes um carreirinho de beijos pelo centro do meu peito até ao meu umbigo, OMG estou tão excitada! Lambes ao redor dos meus mamilos e roças devagarinho os dentes, ergo a lombar do chão tal é a intensidade do prazer.

Metes a mão no centro das minhas coxas, e acaricias lentamente a minha pussy, vais roçando os dedos pelo meu clit, até que a humidade permite que entres dentro de mim, introduzes um dedo, depois dois. Quero-te dentro de mim, estás de lado e com esta excitação toda, já não consigo ter o rabo no chão, quero acalmar-me e quero dar-te prazer.
Iço-me e fico de joelhos, estás deitado e posiciono-me no meio das tuas pernas. A minha visão de ti parece uma miragem, a luz quase que se foi, e acho que não há nada como o crepúsculo para termos uma perspetiva transcendental de qualquer coisa.

Debruço-me sobre ti, beijo-te longamente, a tua língua acaricia a minha, gosto de sentir as minhas mamas pressionadas no teu peito, puxas as minhas nádegas para ti, ficamos assim um bocado, a saborear um ao outro.

I only want to see you underneath the purple rain
honey, I know, I know, I know times are changing
it's time we all reach out for something new, that means you too

Desço, sempre a roçar as mamas em ti até chegar à tua pila, tenho os mamilos duros. Agarro as minhas mamas juntas e prendo a tua pila no meio, movimento o meu tronco para cima e para baixo, sempre com as mamas juntas e a tua pila apertada no meio, vou apertando os meus mamilos e baixo o queixo por forma a lamber-te e sugar-te a ponta sempre que possível.

Tu estás com os cotovelos apoiados, oiço a tua respiração acelerada, e quando olho para ti vejo uma expressão de puro deleite.
Puxas-me para ti, e rebolamos! Fico por baixo e tu sem mais demoras entras dentro de mim, preenches-me de uma forma avassaladora! Flito os joelhos e entras ainda mais fundo. Sinto que fazes um esforço por manter uma velocidade lenta, para ambos saborearmos o mais possível, desta oportunidade única de estarmos juntos.

and let me guide you into the purple rain
purple rain, purple rain

Levantamo-nos e temos uma grande árvore por perto, fico de costas contra a árvore com os pés apoiados nas raízes consigo ficar um pouco mais elevada, ergo uma perna que apoio na tua coxa e penetras-me até ao amago!
Não é possível ser melhor, sinto a minha cabeça leve, o meu corpo abandonado ao prazer, até à explosão que se seguiu.
Agarras com as tuas mãos as minhas faces! Beijas-me.

No words needed!

Vestimo-nos e voltamos pelo trilho para o chalé… já escuro. A absorver a paz, a calma e a imensidão da natureza que nos envolve.

I only want to see you, only want to see you
in the purple rain

Miss Fantasy

Miss Fantasy

Mulher com uma imaginação delirante e muitas fantasias secretas por realizar.
Acredita que Deus nos deu o corpo para ter prazer e que cada vez que atingimos o orgasmo, o Nirvana, a plenitude, estamos mais perto de Deus.

  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
blog comments powered by Disqus

Inserir Anúncio Gratis