PUB
mascote
PUB


14 abril, 2018 Um toque de fantasia... Com um toque de realidade vivida na primeira pessoa!

Em Dallas...

Passam-se dias e lá vai ela novamente à procura dele como sempre fez. Desaparece... get bored... aparece! Quando entra na sala para além de lá estar ele também lá esta o ex-marido dela.

Um toque de fantasia... Com um toque de realidade vivida na primeira pessoa!

O ex-marido dela como é desbocado diz: "Look it´s, my ex wife!"

Ela senta-se ao lado do Bryan e olha para o ex-marido dela e pensa: "Nem quando o era fui alguma vez tua, quanto mais agora!"

O Bryan parece-lhe novamente decepcionado. Não se consegue habituar à mensagem que ela transmite: "You can´t control me! You will give me freedom!"

Ela não aceita como um ex-gangster se faz passar agora por um menino de ouro... Ela conhece a sua verdade e essência pois viveu-a de perto durante anos.

O ex-marido dentro da sala envia-lhe uma SMS a dizer que se está a sentir humilhado, ao que ela responde por SMS: "Porquê? Casada contigo era apaixonada por ele! Agora é feito de forma honesta!"

Ao lado dele que é quem ela quer diz-lhe: "Tonight u r going down."
Ele responde: "And then u will leave.... so why u don´t go sit next to your ex?"

Ela responde-lhe: "Like u always told me I AM A RUNNER! Why we should change it now?"
O teu amor por mim sempre me deu poder!
Esse poder de te ter e te deixar quando quero dá-me adrenalina.

A casinha com o jardim para os meus cães que compraste para mim nada me disse...
O que quero é este jogo insano.

Ela decide falar para o grupo gerando o que gera tanto lá como em Lisboa... SER OUVIDA COM MUITA ATENÇÃO!

Com isto gera-lhe novamente sentimentos contraditórios... a mulher que ele tanto quer que é tão insana tem ao mesmo tempo um impacto tão grande nas pessoas quando fala.

O ex-marido sorri porque a conhece tão bem.
Sorri porque vê as pessoas a admira-lá e ao mesmo tempo sem saberem que ela só ali está porque foi à caça da presa dela... E no fim daquela 1.30h é a primeira a sair da sala sem cumprimentar ninguém.

Desta vez ela não corre riscos e pede-lhe para ir para o Motel chunga na rua atrás da sala.

Ele cede...  o ex-marido vê-a a ir embora com ele... ela olha para trás sorri-lhe e pisca-lhe o olho.

Senta-o na cama e encosta-se à porta do quarto e abre o casaco.

Mostra-lhe a lingerie e abre suavemente as pernas.

Ela toca-se de pé para ele... coloca os seu dedos na vagina dela e manda-o despir e começa-se a masturbar para ela.

Vai ter com ele e coloca-lhe os dedos dela na boca dela e diz-lhe: "spit".

Volta para a porta e introduz o cuspo dele na vagina dela.

Cospe no próprio peito dela para poder apertar os bicos dela e deslizar as mãos dela nas mamas dela...

Ele continua na cama a olhar para ela e a masturbar-se.
Ela vai ter com ele e chupa-o um bocado... volta para a porta e senta-se numa cadeira.

Acende um cigarro, de pernas abertas sem cuecas e a masturbar-se continua a olhar para ele.

Ele pergunta-lhe: "Why u doing this to me?"

Ela responde: "I just can´t find in my country what I found here.........ya´ll are so humble to fill my fantasies and give me what I really want".... keep going...don´t stop..."

Ela levanta-se e senta-se na cara dele e sente a língua dele a percorrer a cona dela... ela diz-lhe: "finger me fucker!"

Já completamente molhada e louca pronta para se vir ela volta para a cadeira e entra em alienação esquecendo a presença dele e ---- vem-seeee......

Ele a vê-la a vir-se também se vem em esguincho.

Ela ri-se.......veste o casaco......sem colocar as cuecas....

Ele em pânico pergunta-lhe: "Are you serious???? You leaving????? Where are you going????"

Ela já com a porta aberta responde-lhe: "To Irving, to go fuck with my ex-husband! See, 1h ago you told me to go sit next to him. Why sit if I can fuck with him? See you keep playing games and I will keep make u miserable like I always did! Bye dude!"

https://www.idnapt.com/

blog comments powered by Disqus

Inserir Anúncio Gratis