PUB
mascote
PUB


04 abril, 2018 Hentai: a pornografia animada do Japão

O sushi é um gosto adquirido, o hentai pode não ser igual.

Para todos aqueles que não estão familiarizados com o termo e antes que fiquem com a impressão de que estou a fazer um review do último buffet de sushi onde fui (como se isto fosse um artigo da Time Out), permitam-me esclarecer o seguinte: hentai é a designação dada a mangas e animes (portanto, comics e desenhos animados japoneses) com forte conteúdo sexual. E pelos vistos há muita malta que gosta da coisa, sendo essa a razão que me levou a explorar um pouco mais a questão.

Hentai: a pornografia animada do Japão

Sabem qual é a parte mais curiosa? A expressão hentai – no Japão – aplica-se a uma série de coisas, pessoas e situações (material de conteúdo sexual bizarro, comportamento perverso, extremo, criminoso e – até mesmo – a abuso sexual). Hentai é apenas pornografia animada? Os entendidos dizem que não, preferem chamar de “arte erótica”. Eu prefiro chamar de “desenhos animados a foder”. Sei que é uma expressão rude e minimalista sobre a questão, mas é como eu vejo. Hentai – digam o que disserem – são bonecos animados a foder uns com os outros. Se retirarmos a parte da foda desta equação, aquilo transforma-se num romance lamechas entre desenhos animados com mamas desproporcionais e toma lá a tua “arte erótica”.

Uma das características engraçadas do hentai (de alguns, pelo menos) é a de ocultação dos genitais dos bonecos. Portanto, já não basta estarmos a ver desenhos animados a foder, ainda temos de levar com a censura nipónica? Estão absolutamente certos. Se acham estranho estarem a bater uma em frente a ver desenhos animados, imaginem a mesma situação mas os bonecos têm um bloco de quadrados pixelizados a fazer de picha. Fantástico.

Dá tesão? Depende de cada um.

Eu estava mais admirado com a desproporção desumana das mamas das bonecas em relação ao resto. Num dos hentai que vi, um ser demoníaco com 3 cabeças e 8 olhos penetrava uma rapariga em tudo o que era buraco usando uns tentáculos em forma de caralho. Isto dá tesão? Se calhar. A mim, nem por isso (mas cada um é como cada qual).

Acho que o hentai é daquelas merdas que sabes logo se gostas ao fim de dois ou três minutos. O sushi é uma coisa que se pode aprender a gostar, o hentai não me parece ser a mesma coisa.

Boas fodas animadas e sayonara até domingo.

Noé-san

Noé

Noé

Trintão miúdo de coração ao pé da boca. Perdido em fantasias concretizadas e concretizáveis apenas preso por amarras do anonimato. Relatos passados de opinião libertina é um santo pecador por excelência.

  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
blog comments powered by Disqus

Inserir Anúncio Gratis