PUB
mascote
PUB


20 junho, 2018 Escorts em Entrevista: Bruna Valentino (cam model)

Estivemos à conversa com a cam model n.º1 do nosso país e o resultado foi este. Escorts em Entrevista: Bruna Valentino (cam model)

DiagramaBrunaValentinoBRUNA VALENTINO

Idade: 24

Peso: 55 kg.

Altura: Portuguesa

Cor do cabelo: Preto

Nacionalidade: Portuguesa

 

Contacto: Email (brunavalentino_24@hotmail.com ), Shows de Skype (bruna_cams@hotmail.com), Whatsapp (939996805)

Serviços: Cam model, venda de vídeos, fotos e cuequinhas.

Bruna Valentino, 24 anos, cam model profissional fala na primeira pessoa no blog do ClassificadosX. Uma entrevista para ler e reler. 

Noé: Bruna, destacas-te pela tua elegância, beleza e sensualidade. Deverás receber todo o tipo de elogios diferentes, mas como é que a Bruna se vê a si mesma?

Bruna: Considero-me uma pessoa de mente aberta e bastante receptiva a novas experiências. Não gosto de banalidades, nem de nada ordinário. Gosto de me destacar pela simplicidade, pela minha forma de ser, sensual e elegante. Acho que existem momentos para tudo. Quando estou a falar de sexo com os meus meninos nos shows (como chamo os meus clientes), gosto que seja puro e duro. Não tenho pudores. No entanto, de uma forma geral, sou eu mesma. Elegante, é a palavra que me define. Podemos ser altamente sexuais e não ser ordinárias. Sou aquela pessoa que está sempre disposta a ouvir, a ajudar e a esclarecer. E sem dúvida. Alguém que adora o seu trabalho e faz com muito gosto.

N:  O que é que achas que te diferencia enquanto cam model?

B: Eu prefiro seguir o caminho das cam models que vejo em sites internacionais. Algo sofisticado, com boa qualidade de imagem, que seja algo mesmo bem feito. Gosto de ter em atenção o meu corpo, cuidar-me para continuar a ter uma imagem apelativa. Sou jovem, também tenho essa facilidade. Também vejo que algumas cam models em Portugal fazem pacotes diferentes dos meus. Eu gosto de fazer tudo num só show. O facto de pagarem 10 ou 20 euros não vai mudar o que faço. Faço o mesmo em todos os shows, apenas muda a duração do tempo. Todos os meus shows incluem strip, masturbação com brinquedos e orgasmo. Para mim, acho que é a forma mais justa. Ninguém quer ver uma menina deitada, só a mexer a braço a masturbar-se durante 20 mim sem fazer mais nada. Para mim o mais importante é saber que os meus meninos ficam satisfeitos no final e querem voltar a repetir.

N: Ser cam model é algo que requer um conjunto de competências para lá de uma cara bonita e um corpo elegante. Podes descrever – de forma resumida – como consegues transmitir toda a sensualidade que tens por um ecrã de computador?

B: Uma pergunta difícil! Todos os dias tenho lingeries diferentes. Gosto de lingeries sensuais e que realcem o que tenho de melhor no meu corpo. É algo que invisto bastante. Gosto sempre de fazer os shows com um colar. Pode parecer algo irrelevante. Mas ao estar toda despida faz com que ainda tenha "o toque da Bruna, e o seu requinte". Saber falar e cativar também é algo muito importante. Ter uma boa conversa. Fazer entender à outra pessoa do outro lado que durante o show sou apenas dele e mais ninguém. Saber usar as palavras certas, na altura certa. Mesmo por de trás de um computador, consigo transmitir toda a sensualidade e sexualidade que tenho em mim. A tocar-me, a fazer o que me pedem ou até mesmo a sugerir algo, a conversar, a fazer os meus meninos terem orgasmos perante mim. Isso tudo é sensualidade.

N:  Sei que vendes lingerie e outros items no teu site. Como surgiu essa ideia? Existe bastante procura?

B: A ideia de vender cuequinhas usadas nunca me passou pela cabeça até ao momento em que me começaram a pedir. Na verdade, foi numa plataforma bastante conhecida, de venda de artigos em segunda mão. Como qualquer pessoa eu colocava roupa que já não usava à venda, roupa normal, e choviam mensagens de homens a perguntar se podia vender cuequinhas. Aproveitei a ideia e fiz disso negócio. Existe muita gente a pedir, gostam de sentir o nosso cheiro e ter uma lembrança só deles.

N: Deverás ter histórias engraçadas com pessoas via Skype. Tens alguma que queiras – e possas – partilhar?

B: Tenho algumas histórias engraçadas. Tenho quem me faça strip, tenho quem use máscaras de cabedal e seja mais kinky, já tive pedidos de casais para ver os meus shows, tenho quem adore chuva dourada, etc. No geral, é sempre interessante fazer algo fora do normal. É muito mais interessante para mim!

N: Para finalizar, que sugestões tens para quem te procure para uma sessão íntima via Skype uma primeira vez?

B: Como sugestão posso dizer para virem relaxados e de mente aberta. Tudo pode acontecer. Há muito para ver! Podem sugerir eu fazer algo fora do normal. Têm 3 pacotes à escolha. Os meus preços são bastantes acessíveis para todos os bolsos. Acima de tudo, quero que todo o meu público tenho orgasmos bombásticos. Essa é a principal razão desta profissão. Dar prazer a outros. Relaxar do dia cansativo em que estiveram a trabalhar. Poderem dormir mais tranquilos. O feedback que tenho é excelente, todos os que me vêm pela primeira vez, querem repetir.  Os meus shows valem a pena. Serei sempre atenciosa. E o prazer que tenho para dar nunca se esgota. 

Sobre o Autor

Noé

Noé

Trintão miúdo de coração ao pé da boca. Perdido em fantasias concretizadas e concretizáveis apenas preso por amarras do anonimato. Relatos passados de opinião libertina é um santo pecador por excelência.

  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
blog comments powered by Disqus

Inserir Anúncio Gratis