PUB
mascote
PUB


14 junho, 2018 La Esquina: o jornal das trabalhadores do sexo

Um projecto colombiano que conta as histórias que quem anda no mundo do sexo quer ler...

No bairro de Bogotá, na Colômbia, numa zona marcada pela violência, nasceu o jornal La Esquina que dá um novo sentido à vida de trabalhadores do sexo que colaboram na sua concretização.

La Esquina: o jornal das trabalhadores do sexo

O La Esquina existe há cerca de um ano e é um jornal em papel, de pequena dimensão, que é distribuído pelas ruas, bares e bordéis de Bogotá, na Colômbia.

Também tem uma versão "mural" que se cola nas paredes da cidade, incluindo num dos bairros mais violentos de Bogotá e onde o trabalho sexual está muito presente. O objectivo é que seja lido pelas trabalhadoras do sexo esperam por clientes. Esta é, definitivamente, a a versão mais popular do La Esquina!

O jornal inclui reportagens sobre temas como os riscos das cirurgias plásticas, uma coluna de fofocas, receitas culinárias de baixo custo, dicas de saúde, entre outros assuntos.

A edição do jornal está a cargo do cientista político Angel Lopez, de 23 anos, que não trabalha no mundo do sexo. É ele que orienta a equipa de trabalhadoras do sexo, sobretudo transexuais, que fazem o jornal, em conjunto com pessoas voluntárias de fora do mundo da prostituição.

La esquina2

Angel Lopez explica, em entrevista ao jornal britânico The Guardian, como foram incluídas no La Esquina as trabalhadoras do sexo colombianas...

"A ideia é que o projecto seja inclusivo. Não queríamos criar a imagem de pessoas que vinham de fora do bairro e que aplicavam a sua ideia do mundo através de um jornal. Assim, começamos a encontrar formas de poder falar com as mulheres e de fazer com que se envolvam na iniciativa."

"Uma das coisas que tivemos que imaginar foi o nome. As mulheres que participaram nas primeiras reuniões tiveram várias opções, mas, no final, todas concordaram que La Esquina é o nome que mais se identifica com elas: a esquina da rua, o lugar onde levam a cabo o seu trabalho."

O projecto nasceu da ideia de um grupo de artistas e de activistas sociais, que tinham por meta combater a pobreza e a prostituição.

Financiado por entidades governamentais colombianas, o La Esquina conta histórias que as trabalhadoras do sexo querem ler e dá visibilidade à comunidade de trabalhadores do sexo de Bogotá.

Gina Maria

Gina Maria

Moça católica e de boas famílias, apaixonada por secretas fantasias, eternamente interessada em mais, mais, mais...

blog comments powered by Disqus

Inserir Anúncio Gratis