PUB
mascote
PUB


12 agosto, 2016 O Food Porn (ou o Porno da Comida)

Há quem pague para ver malta a engolir quantidades monstruosas de comida.

O "Food Porn" é a nova grande tendência na Ásia, onde cada vez mais pessoas pagam para verem outras a comer quantidades absurdas de comida. O chamado "Mukbang" - ou o porno da comida - está a criar novas estrelas da Internet que ganham milhares de euros.

O Food Porn (ou o Porno da Comida)

Pessoas que se colocam online a comer quantidades monstruosas de comida, enquanto outros pagam para ver. A descrição pode soar absurda a alguns, mas na Coreia do Sul é a nova grande tendência que está a conquistar cada vez mais pessoas.

O "porno da comida" ou "Food Porn" - ou Mukbang - envolve ver as pessoas a comer, a falar sobre comida ou a prepará-la e não tem nada a ver com o Feederism: o prazer da comida e da gordura a todo o custo.

É uma prática que está necessariamente ligada à cultura sul-coreana e que se pode explicar por circunstâncias muito próprias e características da sociedade da Coreia do Sul. Está também associada a aspectos sociais, nomeadamente a cultura do bem-estar e das dietas - o que pode até parecer um contrasenso - e o facto de haver cada vez mais pessoas a viverem sozinhas.

Como os sul-coreanos detestam comer sozinhos - quem não detesta! -, há aqueles que não se inibem de pagar para ter companhia à refeição, mesmo que seja à distância de um computador.

Já outros, não podem comer, porque não querem engordar, e satisfazem-se a ver os outros comer!

E num país dominado pela tecnologia, onde já há mais utilizadores de smartphones do que de PC´s, o "Food Porn" vai crescendo de importância, acompanhando as pessoas nos transportes públicos - e é muito mais Safe For Work do que o porno tradicional!

A estrela elegante do Food Porn que come como um boi!

O "Food Porn" começou lá para 2009, com a imitação dos programa culinários de celebridades. Mas é algo muito diferente de um mero programa que ensina a cozinhar.

Estamos a falar de verdadeiros "comedores da Internet" que se estão a tornar em estrelas com milhares de fãs e a ganharem milhares de euros, fazendo disto profissão a tempo inteiro.

Diva, uma jovem mulher de 33 anos, atraente e elegante, é uma das maiores estrelas do fenómeno - e olhando para a sua figura, ninguém diria que ela come como um boi! Deve ter um metabolismo abençoado que não a deixa acumular pneus na barriga...

Milhares de utilizadores da Internet olham maravilhados enquanto Diva engole quatro pizzas familiares ou três quilos de carne de vaca, ao longo de várias horas, numa das sessões da vedeta do porno da comida - cada sessão pode durar entre 4 a 6 horas.

Ela ganha quase 9 mil euros por mês, de acordo com uma grande reportagem que uma revista internacional fez sobre ela, e até já deixou o emprego de consultora imobiliária para se dedicar por completo a esta vida do "Food Porn".

Destes bons euros que ganha mensalmente, uma boa maquia é gasta a comprar as grandes quantidades de comida que consome, embora alguma lhe seja oferecida por marcas interessadas em divulgarem os seus produtos.

"Os meus fãs dizem-me que adoram realmente ver-me a comer porque o faço com tanto gosto e torno tudo parecer tão delicioso.

Muitos dos meus espectadores estão de dieta e dizem que vivem indirectamente através de mim ou são pacientes de hospital que só têm acesso a comida de hospital e que, por isso, também vêem as minhas transmissões para me ver comer.

Um dos melhores comentários que recebi foi de uma espectadora que disse que tinha ultrapassado a sua anorexia a ver-me comer. Isso significou muito para mim."

Podes espreitar ainda, outro vídeo de "Porn Food" condimentado com alguns arrotos e tudo (que na Ásia são um sinal de satisfação e boa qualidade da comida)...

Gina Maria

Gina Maria

Moça católica e de boas famílias, apaixonada por secretas fantasias, eternamente interessada em mais, mais, mais...

blog comments powered by Disqus

Inserir Anúncio Gratis