PUB
mascote
PUB


14 abril, 2017 Foda ao ar livre

Caiu-me no meio de um jardim um docinho verdinho, com muito para amadurecer...

Já há algum tempo que não conto as minhas aventuras sexuais aqui, mas hoje apetece-me contar...

Foda ao ar livre

Eu e o meu bonzão temos andado às turras, e como eu sou uma mulher de muito alimento, este corpinho não sobrevive só a água - se me faço entender: tenho um novo doce na minha vida.

Caiu-me no meio de um jardim um docinho verdinho, com muito para amadurecer, mas cheio de potencial.

Ao fim de alguns dias a «namorar», quase que literalmente de mão dada, às voltinhas no meio da rua, começo a passar:

- Ó amigo! Eu ainda não senti nada! Somos dois adultos. Isto é muito giro, mas eu gostava de fazer um «test drive»...

Bem, o rapaz corou, tremeu e só não cavou um buraco e se enfiou nele porque não calhou, mas estava cheio de vontade de se esconder!

E eu continuo a provocação:

- Então, compras um carro sem fazer um test drive?

- Não, nunca!

- Então, amigo! Isto de passearmos de mão dada é giro, mas eu quero passar a acção!

A conversa ficou por ali - o docinho já derretia todo. Deixei-o ir para casa pensar no assunto...

No dia a seguir fomos beber café e tive de pressionar mais um bocadinho:

- Então, não podemos ir para um sítio mais discreto?

(Ok! Meu Deus! Parecia que ia violar o doce, quando e só queria saboreá-lo melhor...)

Acedeu ao meu pedido, lá paramos o carro no meio do mato. Eu, já prevenida, ia de vestido e era só levantar a saia e demos uma rapidinha encostada ao carro - bem rapidinha! o doce estava tão nervoso que se esporrou em segundos e eu a ver navios, mas ya!, é sempre bom sentir o vento na cona.

Ainda questiono:

- Isso aguenta o round II?

- Ah! Já tá tarde. Amanhã acordo cedo!

Pensei:

- Ahhh! Que bom, vou para casa cheia da tusa.

Estava on fire e não aguentei - ligo ao meu bonzão:

- Sim, já sei que estamos chateados, mas estou cheia de tesão. Não me apetecem missionários, nem canzanas simples. Preciso de uma foda a sério!

- Queres foder, minha puta? Liga a câmara, quero ver essa cona toda babada para mim!

Ui! Isto é música para os meus ouvidos! Quanto mais ele falava e via aquele pau, aquela expressão e me sussurrava tudo o que me fazia.
Acabo por me esporrar toda quando ele diz:

- Aperto-te o pescoço com força, enquanto te encho essa cona cheia de leite! É assim que gostas, minha puta, responde...

Fui ao limite - o melhor orgasmo virtual da minha vida e estava mesmo a precisar.

Já sei o que estão a pensar - esta gaja é completamente louca! Mas a verdade é que adoro ter um bom orgasmo e mesmo que na foda da vida real, se não me esporrar toda, eu quero sempre mais e mais, até ter aquele orgasmo que me deixa ko.

Boa Páscoa, cheia de orgasmos! E já sabem - venham ter um orgasmo virtual com a TugaEris.

Beijinhos.

TugaErisCama5

TugaEris

TugaEris

Portuguesa cam girl de profissão, viciada em sexo virtual assumida, procura não só ganhar a vida, mas aventuras e, quem sabe, um princípe encantado neste gigantesco mundo virtual.

skype anadocura

youtube:tugaeris

instagram:tugaeris

  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
blog comments powered by Disqus

Inserir Anúncio Gratis