PUB
mascote
PUB


09 novembro, 2017 Halloween sex

Estavas mascarado de zombie! Super scary, acho tão incrivelmente sexy!

Para quem gosta de se mascarar, a noite de Halloween é mais uma desculpa para isso e claro para a diversão que daí advém... pois poder encarnar uma personagem é sempre uma oportunidade para a loucura.

Halloween sex

Como é natural já eu andava em pulgas, combinei com uns amigos num bar com música ao vivo onde iria haver a festa da noite das bruxas. Mascarei-me completamente horrorosa, de morta-viva, claro que com a roupa meio esfrangalhada e claro com alguns centímetros de pele aqui e ali a aparecer, estrategicamente escolhidos…
Uns borrões de batom e de rimel completavam a minha personagem estranha.

A música era adequada à ocasião, fui ao bar buscar uma vodka, quando oiço a voz da Annie Lennox… Olho para a esquerda e vejo-te entrar…
O ar pareceu-me ter mudado de densidade. Íamo-nos vendo aqui e ali, existia uma química entre nós inegável, já tinha havido uma situação ou outra de nos tocarmos, aquela cena que parece acidental mas que queremos que aconteça. Já tinha saboreado o sabor dos teus lábios em mais do que uma ocasião, mas tudo em ímpetos do momento e como a situação não era adequada, não aconteceu.

I put a spell on you
Because you're mine
You better stop the things you do
I tell ya I ain't lyin'…

O meu corpo movia-se ondulando na cadência da música, senti que te estavas a dirigir a mim, sem sequer estabelecer contato visual.
Fecho os olhos, assim que os abro estás à minha frente…
Estavas mascarado de zombie! Super scary, acho tão incrivelmente sexy! E a cena de ser um morto-vivo traz algum fascínio a quem gosta de desafios :) 

I put a spell on you
Because you're mine
You better stop the things you do
I tell ya I ain't lyin'
I ain't lyin' 

Cumprimentas-me, abraças-me de tal forma que sinto o calor do teu corpo de encontro ao meu! As tuas mãos passeiam pela parte de cima das minhas nádegas. O bar estava a abarrotar, ninguém reparou em nós. E juntos ensaiamos uma dança sensual, eu tinha uma perna no meio das tuas e não tardou a sentir que estavas com uma ereção descomunal.

You know I can't stand it
You're runnin' around
You know better daddy
I can't stand it 'cause you put me down
Oh no

Já me conheces tão bem e não me contive… segredei-te ao ouvido, que para morto vivo, sinto um enorme pulsar em ti! Ris-te no meu ouvido e dizes-me que sou uma bad girl… eu respondo que não, que as meninas boas vão para o céu, mas as melhores levam-te lá…
Nem resposta me deste, agarras-me numa mão e levas-me lá para fora. Estava escuro, vamos até ao parque de estacionamento, andamos por lá pelo meio dos carros até que paras no meio de umas carrinhas mais altas.

Encostas-me a uma das carrinhas e beijas-me, um beijo daqueles que nos deixa sem chão, sem ar e com uma enorme tesão, a tua mão passeia-se pela minha nádega esquerda, elevas-me a perna e deslizas a tua mão, ficas a agarrar por baixo do meu joelho e pressionas o teu corpo contra mim.

I put a spell on you
Because you're mine
You know I love you
I love you
I love you
I love you anyhow

Os nossos corpos estão colados, as nossas bocas passeiam uma pela outra, beijamo-nos nos lábios, no rosto, no pescoço. Estamos ávidos um do outro.
Uma tua mão agarra por baixo do meu joelho a outra passeia-se pelo meu corpo, desvia as minhas cuequinhas para o lado e roças os teus dedos na minha pussy húmida.
Dás um puxão… e fico sem cuecas! Também com a roupa toda rasgada já eu estou, o cenário só acabou de ficar mais realista. Deslizas pelo meu corpo, acaricias-me os braços, a tua boca vai descendo pelo meu tronco, beijas-me as mamas e agarra-las com força, estou já recostada para cima da carrinha quando chegas ao meio das minhas pernas. Passeias os dedos ao redor, até que me abres e beijas o clit… que arrepio!

And I don't care if you don't want me
I'm yours right now
I put a spell on you
Because you're mine

A tua língua está com certeza enfeitiçada! Levas-me ao céu com movimentos verticais, horizontais, diagonais e elípticos… ao ponto de perder toda a noção, tal é o apogeu de prazer que atinjo..
Deslizo pela carrinha abaixo e fico de cócoras, ficas tu encostado à carrinha e puxo-te as calças e os boxers para baixo.
Desde que nos conhecemos que tenho ansias de fazer isto! Abocanhar-te… todo! Está escuro, oiço a música ao longe, mas vejo o suficiente, a minha mão agarra a base da tua pila, assim que a agarro sinto-a engrossar na minha mão, começo por lamber devagarinho, mas eu quero tanto, tanto que te enfio na boca e sugo-te até te ouvir gemer e pedires para eu parar…

You know I can't stand it
Your running around
You know baby daddy
I can't stand it
'Cause you put me down

Há um espaço relvado atrás dos carros, onde está uma árvore com ramos dispersos e baixos, vamos até lá. Despimo-nos rapidamente, a roupa fica espalhada no chão e deitas-te em cima de mim. Tão bom sentir o teu peso e o teu calor em cima de mim, tenho as pernas fletidas e sinto-te a entrar dentro de mim, ao início só um bocadinho mas depois de algumas investidas, vais ao fundo de mim. Moves-te lentamente, enquanto nos beijamos, enquanto acaricias o meu corpo e enches-me de beijos. O meu desejo está ao rubro e sinto que fazemos amor com todo o corpo, é quase inacreditável, mas quanto mais bebo de ti, mais sede tenho… estou a chegar a um ponto de querer mais, mais e mais, até que é como se chegássemos ao topo de uma montanha!
Sinto-te quente e líquido em mim, e os nossos corpos amolecem juntos e entrelaçados…

Ooo I put a spell on you
Because you're mine
Because you're mine
Because you're mine
Oh yeah

HalloweenSex2

Miss Fantasy

Miss Fantasy

Mulher com uma imaginação delirante e muitas fantasias secretas por realizar.
Acredita que Deus nos deu o corpo para ter prazer e que cada vez que atingimos o orgasmo, o Nirvana, a plenitude, estamos mais perto de Deus.

  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
blog comments powered by Disqus

Inserir Anúncio Gratis