PUB
mascote
PUB


01 fevereiro, 2018 Skater

Ao dar a voltinha pela cidade, dou com um cafezinho e um skatepark indoor...

Estava a fazer um curso de trabalho no estrangeiro e ia ficar por lá aproximadamente uma semana. Durante o dia andava embrenhada no curso, depois dava umas voltinhas pela cidade, jantava e voltava para o hotel onde estudava um pouco e acabava por adormecer.

Skater

Não conhecia lá mais ninguém, os meus colegas de curso eram lá da cidade e iam para casa, só eu ia para o hotel.

No segundo dia ao dar a voltinha pela cidade, dou com um edifício enorme com um ar de antiga fábrica e decorado com grafitis, tinha um cafezinho na entrada e vi que tinha um skatepark indoor.
Achei isso muito engraçado, não é algo que se veja muito no meu país, mas nesta cidade em que neva e está muito frio durante meses seguidos é obviamente algo que faz mesmo muita falta.

Entrei no cafezinho, pitoresco, as estantes das bebidas por trás do balcão eram tábuas de skate. E claro era tudo decorado com posters de skaters a darem manobras arrojadas.
Pedi um leche machiatto e fui sentar-me numa espécie de bancada que havia virada para o skatepark indoor.

Eram cerca de sete da tarde, as aulas de skate tinham acabado e quem estava a andar era pessoal mais velho, tinham provavelmente acabado o trabalho e foram para ali descontrair.
O meu olhar prende-se em ti, tinhas um estilo fluido e gostavas muito de dropar quarters, fiquei fascinada ao ver-te dar uns grinds mais abusados.
A determinada altura vais até um banco beber um gole de água e olhas para mim diretamente e piscas-me o olho. Sorri.

Voltas a skatar, nesta altura, sempre que era possível acenavas para mim, e eu seguia atentamente as tuas manobras.
Já era horas de eu ir comer alguma coisa, levanto-me e vou descendo até ao café onde vou deixar a chávena que tinha levado para a bancada. Estou de costas quando oiço uma voz atrás de mim a tentar chamar-me a atenção.

Apresentas-te, achei engraçada a abordagem, estavas todo transpirado, com o skate debaixo do braço querias saber se já ia embora. Disse o meu nome e expliquei que não sou dali, nem sequer daquele país que fui ali só passar tempo e que agora sentia fome e ia comer alguma coisa.
Pediste para te dar só 10 min, para tomares um duche rápido e que conheces um sítio para irmos comer algo juntos.

Bem, eu também não tinha mais planos, acedi, fiquei por ali a folhear uma revista de skate local, que obviamente não percebia absolutamente nada do que tinha escrito, mas como se sabe uma imagem vale mais que mil palavras, então fiquei entretida.
Nem demoraste tanto, rapidamente apareceste ao meu lado, com o cabelo ainda molhado e espetado.
Sugeriste irmos a um local perto e fomos a pé conversando pelo caminho, eramos sensivelmente da mesma idade, trabalhavas perto e ao final do dia gostavas de ir descomprimir dando umas voltinhas de skate.

Era um pequeno restaurante muito acolhedor, com comida simples e barata, sentamo-nos e pedimos duas cervejas, que neste país eram para lá de grandes. A conversa foi-se prolongando, incrível como podemos morar a mais de 3.000 km de alguém e ter tanto para conversar, gostos em comum e histórias para partilhar.

Moravas ali perto, o meu hotel era na rua seguinte e convidaste-me para entrar, tinhas uns álbuns antigos que eu gostava mesmo muito e querias mostrar-me.
Abrimos mais umas cervejas, a tua casa era acolhedora e quentinha, tirei os 2 casacos e até uma das camisolas para ficar mais à vontade.
Sentamo-nos no sofá a ouvir música, eu gosto mesmo muito de Aerosmith… and I Don't Want To Miss A Thing

I could stay awake just to hear you breathing
Watch you smile while you are sleeping
While you're far away and dreaming
I could spend my life in this sweet surrender
I could stay lost in this moment forever
Well, every moment spent with you
Is a moment I treasure

Já estou descalça e recostada no sofá, estás sentado ao meu lado e começas por me acariciar um braço, sorrio, estou cansada mas já um pouco excitada.
Vais fazendo desenhos com os dedos no meu braço e subindo até ao meu ombro, rio-me, acaricio-te a face, estás áspero, uma barba de dois dias. Mas acho isso incrivelmente sensual, quando roças pelo meu pescoço e me arrepias.
Puxas-me para ti, fico sentada no teu colo de pernas abertas montada em ti. Beijamo-nos com fervor, a tua língua mergulha na minha e o encaixe das nossas bocas é absolutamente perfeito.

Tudo começa antes do beijo, mas o beijo é sem dúvida o que abre a porta para algo mais e nesta altura já vou lançada a caminho da próxima etapa.

Don't wanna close my eyes
I don't wanna fall asleep
'Cause I'd miss you, babe
And I don't wanna miss a thing
'Cause even when I dream of you
The sweetest dream will never do
I'd still miss you, babe
And I don't wanna miss a thing

Beijas-me no pescoço, passas a língua pela minha orelha, beijas-me de novo, e as tuas mãos vão puxando a minha camisola para cima. Estou montada em ti e sinto a protuberância nas tuas calças, os nossos corpos estão encaixados, semi-vestidos, oscilam como que fazendo amor ao ritmo da musica.
O ambiente, as sensações que me provocas, e as palavras sensuais que me dizes ao ouvido deixam-me rendida.
Acaricias as minhas mamas por cima do soutien rendado, desaperta-lo, e beijas-me o peito, sugas-me os mamilos e levas-me à loucura.
Saio de cima de ti, despimo-nos um ao outro, abraçamo-nos nus, sinto a tua pila dura, contra a minha barriga, desço e ajoelho-me, meto-a na boca e olho para cima, o teu olhar está preso no meu enquanto te chupo e lambo, até que me agarras pelos braços e me iças para ti.

ContoEroticoSkater2 MFantasy

Desces e ajudas-me a sentar no sofá, percorres o meu corpo com beijos, deixo-me cair para trás, entreabres a minha pussy e levas-me à loucura com a tua lingua, até eu não aguentar mais e implorar para que me preenchas…

I don't wanna miss a thing

Sentas-te e monto-te de novo de pernas abertas em cima de ti, agarras o meu rabo e puxas para ti até entrares bem fundo dentro de mim, tens a cabeça no meio das minhas mamas, usas um dedo para roçar o meu clit enquanto vou oscilando as ancas até ambos cairmos para o lado em êxtase. Ficamos ali juntos e a olhar um para o outro felizes e ofegantes…

Lying close to you
Feeling your heart beating
And I'm wondering what you're dreaming
Wondering if it's me you're seeing
Then I kiss your eyes and thank God we're together
And I just wanna stay with you
In this moment forever, forever and ever 

Don't wanna close my eyes
Don't wanna fall asleep, yeah
I don't wanna miss a thing

Miss Fantasy

Miss Fantasy

Mulher com uma imaginação delirante e muitas fantasias secretas por realizar.
Acredita que Deus nos deu o corpo para ter prazer e que cada vez que atingimos o orgasmo, o Nirvana, a plenitude, estamos mais perto de Deus.

  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
blog comments powered by Disqus

Inserir Anúncio Gratis