PUB
mascote
PUB


06 março, 2017 O Libertador

Não faço ideia quanto tempo estive a chupá-lo... Eu parecia que estava transformada!

Eu reconheci ontem o meu corpo! Eu estava finalmente e pela primeira vez de volta como eu realmente sou! Eu não queria saber onde estava, quantas horas, quanto dinheiro! Eu queria continuar a sentir...

O Libertador

Ontem, já estava pronta para dormir quando recebo uma mensagem que dizia:

"Boa noite. Desculpa incomodar a esta hora, mas estive a ler o "Diário de uma cortesã" e pensei que não podia perder a oportunidade.
Estou neste momento no Hotel Corinthia, já vi o teu website e sei os preços e gostaria de saber se podes vir ter comigo por 3h.
Sou do Porto e vou embora amanhã."

Eu de facto não me apetecia nada sair da cama, mas visto que eram 3h e se ia embora amanhã, resolvi ir.

Disse-lhe se me deixava tomar um duche logo que chegasse! Ele disse-me que sim.

Quando chego ao quarto, abre-me a porta um homem de 40 e tal anos, bem apresentável e senti logo o perfume dele. Sorriu e mandou-me entrar...

Entra, linda cortesã...

Eu ri-me :)

Em cima da mesa estavam os 300€ e eu pensei logo:

Este é bem formado, não é chafarica!

Segui para o duche... E eis que...

Ele entra nu para o duche comigo e começa-me a lavar o corpo, encostado a mim. As mãos dele lavaram-me de alto a baixo, percorrendo todo o meu corpo, enquanto me encostava contra a parede do duche.

Sempre bem encostado a mim, beijava-me na boca e eu agarrei-lhe o pau cheio de tesão! Estava tão mas tão duro! Enfiou-me os dedos em todo lado ao mesmo tempo e eu comecei a gemer desenfreadamente.

Eu ainda de costas penetrou-me! Ao princípio bem devagar, como se de um jogo se tratasse!

Puxou-me o cabelo e começou a foder-me toda... E eu só me vinha!

Quando ele se veio eu "caí" no duche, pois as minhas pernas ficaram sem se mexer, a tremer. Isto acontece quando atinjo o prazer máximo.

Ele levou-me ao colo para a cama e passava a mão no meu cabelo, à espera que eu acalmasse a minha respiração. Sorria, pois verificou que me tinha dado um prazer enorme.

Mas já não havia forma de eu acalmar, pois estava em transe e não havia volta a dar... Agarrei-me logo a fazer sexo oral e recusei-me a largá-lo com boca...

Não faço ideia quanto tempo estive a chupá-lo, a lamber, a cuspir... Só sei que só larguei quando ele se veio na minha boca!

Eu parecia que estava transformada! Eu senti mesmo aquilo que bem conheço em mim que é ficar com olhos quase demoníacos de tanto prazer!

Eu reconheci ontem o meu corpo! Eu estava finalmente e pela primeira vez de volta como eu realmente sou!

Eu não queria saber onde estava, quantas horas, quanto dinheiro!

Eu queria continuar a sentir...

Pedi-lhe que me amarrasse! Desnorteada arranquei os lençóis e disse-lhe:

Deve dar! Inventa... Mas faz já!

Ele em cima de mim fodeu-me como louco e dizia:

Vou morrer hoje!!! Mas não consigo deixar de estar duro!!

Eu meio atordoada respondi:

Não é importante isso! Fode-me!

Paramos e começamos a rir-nos devido ao disparate que me saiu da boca! Não era importante que ele morresse... LOL

Paramos e estivemos quietos, a passar as mãos pelo corpo um do outro... Falamos de coisas normais... Rimos... Fumamos...

Após isso, deitei-o e coloquei o cinto dele à volta do seu pescoço. Sentei-me em cima dele e ia apertando o cinto no pescoço dele enquanto o fodia! Ele veio-se pela terceira vez...

Vesti-me... Despedi-me... E saí do hotel a rir-me... Cheguei a casa às 3h da manhã a sorrir...

Ivone a Cortesã

Ivone a Cortesã

Sou um ser livre porque não tenho segredos :)

Eu Ivone, para além de acompanhante, sou empresária, dona de uma agência de publicidade e também sou certificada como terapeuta pelo Ministério de Saúde do Texas!

Ser acompanhante foi uma nova re-invenção, pois posso ter orgasmos, ser paga, e ficamos por ali! :))))))
 
https://www.facebook.com/diariodeumacortesa

blog comments powered by Disqus

Inserir Anúncio Gratis