PUB
mascote
PUB

01 outubro, 2018 Hoje é o Dia Internacional de Consciencialização para a Hepatite C

O rastreio precoce é importante para que tenhas acesso imediato ao tratamento.

Com o Porto G podes ter acesso a material preventivo (preservativos, lubrificantes e bandas de látex), ao teste rápido da Hepatite C (bem como VIH, Hepatite B e Sífilis), de forma confidencial e gratuita, com referenciação para o tratamento.

Hoje é o Dia Internacional de Consciencialização para a Hepatite C

Dia Internacional de Consciencialização para a Hepatite C - 1 de Outubro

A Hepatite C tem origem num vírus que pode destruir o fígado de forma lenta e assintomática durante anos e com prognósticos de severidade de doença muito variados. Estima-se que cerca de 71 milhões de pessoas em todo o mundo sejam portadoras do vírus. Aproximadamente 399.000 pessoas morrem cada ano devido à infeção pelo vírus da Hepatite C, essencialmente de cirrose ou carcinoma hepatocelular.

O que é / Como se transmite?

A Hepatite C é uma infeção viral que causa inflamação crónica das células do fígado e pode, em alguns casos, evoluir para cirrose ou carcinoma.

O vírus responsável é o vírus da hepatite C (VHC) e a infeção ocorre através de contacto com sangue e outros fluidos corporais como sémen e fluido vaginal infetados. A principal via de infeção é a partilha de material para consumos injetáveis, no entanto também pode ocorrer transmissão via vertical (de mãe para feto) e via sexual através de sexo desprotegido.

O VHC causa uma infeção aguda ou crónica na maioria das vezes assintomática durante décadas.

Sintomas

Os sintomas da fase aguda da infeção incluem vómitos, icterícia, prurido, dor abdominal e mal-estar geral.

Após a infeção aguda, parte dos infetados consegue resolver a infeção espontaneamente, no entanto, 60 a 80% passam a infeção crónica com uma taxa de cura espontânea praticamente nula. A infeção crónica é, na maior parte das vezes, assintomática durante 20 a 30 anos, mas após esta fase podem surgir sintomas de cirrose hepática tais como, aumento de veias da região abdominal (varizes esofágicas), hemorragias, ascite, icterícia, entre outros.

Muitas pessoas mantêm o estado assintomático durante toda a vida sem evolução para o estado cirrótico.

Tratamento

Nos últimos anos, foram desenvolvidos fármacos para o combate à infeção por VHC, que permitem não só travar a progressão da doença, como na maioria dos casos, a cura total e eliminação do vírus do organismo. Existem diferentes esquemas de tratamento em função do genótipo do VHC.

Os casos que evoluem para cirrose só têm como tratamento o transplante hepático.

Prevenção

Não existe vacina para a hepatite C. A melhor forma de prevenir é evitar a partilha de seringas e do material usado para snifar e usar sempre preservativo nas relações sexuais.

Fonte: http://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/hepatitis-c

PortoG contactos1

Associação Porto G

Porto G

O Porto G é uma equipa que vai ao teu encontro para falar de sexo mais seguro e saúde, sem moralismos nem preconceitos!

Contactos:

+ Tlm. - 962301076 / 927952067

+ Facebook

  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
blog comments powered by Disqus

Inserir Anúncio Gratis