PUB
mascote
PUB


10 agosto, 2018 Por que têm as mulheres mais dificuldades em chegar ao orgasmo

Algumas das explicações para o facto de elas se virem menos do que os homens...

Não é nada de novo: os homens atingem facilmente um orgasmo (e às vezes, até depressa demais!), enquanto que as mulheres nem sempre o conseguem. Mas afinal, porque é que isso acontece?

 

Por que têm as mulheres mais dificuldades em chegar ao orgasmo

Há, por um lado, os "aspectos técnicos" da coisa, nomeadamente o facto de a penetração ser muito importante para os homens atingirem o orgasmo, enquanto que pode ser acessória para as mulheres conseguirem vir-se - o centro do prazer da mulher é o clitóris e não a vagina.

Por outro lado, e como notou um estudo recente, a forma da vulva também pode ser uma complicação para atingir o orgasmo. Lê "Formato da tua vagina pode impedir-te de chegares ao orgasmo" para descobrires como as mulheres que têm uma maior distância entre o clitóris e as aberturas urinárias apresentam mais dificuldades para se virem.

E se a anatomia pode ser um problema, a falta de conhecimento da anatomia da mulher que aflige ainda muitos homens também pode ser uma chatice! Alguns nem sabem bem o que é essa coisa do clitóris...

Para lá da ignorância de alguns homens, há ainda a incompetência de reduzir o processo de alcance do orgasmo feminino aos meros preliminares - como se depois disso, só importasse o prazer masculino!

Mas também não se podem descartar as culpas das mulheres. Dados recentes revelam que a maioria das mulheres finge o orgasmo. Ora, se elas não conseguem atingir o orgasmo através das práticas e posturas preferidas e assumidas pelos companheiros, porque não confessam aquilo de que gostam? Porque preferem, muitas vezes, fingir?

A resposta é, em inúmeros casos, o desejo em agradarem aos seus parceiros, para reforçarem a sua auto-estima e masculinidade. Assim, abdicam do seu próprio prazer em prol do prazer deles - um extraordinário altruísmo!

Também é preciso contar com a pressão social que as mulheres enfrentam, nomeadamente os constrangimentos culturais que as levam a terem vergonha do sexo, do próprio prazer e a sentirem complexos com o próprio corpo, por não ser perfeito. Nada disso ajuda! E se acrescentarmos o medo de uma gravidez, do risco de infecções, dores, menstruação... O quadro não melhora!

O que é certo é que o facto de a maioria das mulheres ter menos orgasmos do que os homens não tem nada a ver com gostarem menos de sexo, ou precisarem menos de se vir do que os homens! Isso deve ficar bem claro. Até para elas próprias, as mulheres que se acomodam na falta de orgasmos - e que devem dar o primeiro passo para mudar o rumo da sua sexualidade.

Gina Maria

Gina Maria

Moça católica e de boas famílias, apaixonada por secretas fantasias, eternamente interessada em mais, mais, mais...

blog comments powered by Disqus

Inserir Anúncio Gratis