PUB
mascote
PUB

26 junho, 2018 Conheça o Movimento Sim, Nós Fodemos

Uma causa que pretende mostrar que as pessoas com incapacidades também têm desejos e prazeres sexuais.

Há quem ache que o sexo e os chamados deficientes não combinam. E é para desmistificar essa ideia que surgiu o Movimento Sim, Nós Fodemos, para mostrar que todas as pessoas, independentemente de terem incapacidades ou não, têm desejos e prazeres sexuais.

Conheça o Movimento Sim, Nós Fodemos

Inspirado no documentário espanhol "Yes, We Fuck", que aborda a sexualidade de pessoas com incapacidades e/ou disfunções físicas sem preconceitos, o Movimento Sim, Nós Fodemos nasceu em Portugal com o intuito de mudar as mentalidades.

O mestre em Psicologia Clínica Rui Machado, co-criador do Movimento e doente neuromuscular, que precisa de se deslocar em cadeira de rodas, explica, num artigo no site da Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica, quais são os principais objectivos do Sim, Nós Fodemos.

Por um lado, o Movimento pretende "a normalização daquilo que é absolutamente normal, ou seja, duas pessoas estarem juntas por um sentimento", "seja em que contexto surgir e tenham as pessoas as características que tiverem".

Por outro lado, tem como intuito "a consciencialização, por parte das próprias pessoas com diversidade funcional, do seu direito a uma vida sexual e afectiva".

E, finalmente, visa "denunciar" e "provocar o debate acerca das grandes dificuldades e entraves" que as pessoas com incapacidades sentem "na tentativa de se realizarem a nível sexual e afectivo".

Com cinco anos de existência, este Movimento quer dar, em 2018, passos decisivos para assegurar o "direito à independência das pessoas com diversidade funcional, o direito à igualdade e à liberdade de escolha", conforme palavras de Rui Machado no site Delas.

Entre as medidas defendidas pelo Sim, Nós Fodemos está tornar acessíveis brinquedos sexuais que ajudem as pessoas com deficiência a obterem prazer. Pretende-se firmar parcerias com empresas que permitam o acesso mais barato das pessoas com incapacidades a este tipo de objectos.

O Sim, Nós Fodemos defende também os direitos à maternidade e à assistência sexual.

Aproveite para ler o testemunho de uma trabalhadora do sexo que presta serviços de ejaculação assistida a pessoas com severas incapacidades físicas.

blog comments powered by Disqus

Inserir Anúncio Gratis