PUB
mascote
PUB


03 abril, 2018 Hungry: a drag distorcida

Ninguém fica indiferente a esta drag queen alemã, nem a Bjork lhe resistiu...

Hungry é uma artista alemã que se tornou famosa em todo o mundo graças ao seu visual de "drag distorcida", como a própria se assume. Mais do que uma drag queen, ela é uma verdadeira transformista, capaz de assumir looks completamente originais e surpreendentes.

Hungry: a drag distorcida

As drag queens são conhecidas pelos visuais vistosos e arrojados, com muitas cores e excesso de adereços. Mas nenhuma bate a irreverência de Hungry! Esta "drag distorcida", como a própria se define, é conhecida pelos looks extraordinários com que se apresenta, graças aos seus dotes artísticos como maquilhadora.

Licenciada em design de moda, a drag queen que vive em Berlim, na Alemanha, fez o trabalho artístico para a capa do álbum de Bjork, "Utopia", pintando a cantora islandesa e criando a aplicação especial de silicone em forma de orquídea - que mais parece uma vagina - com que ela aparece na imagem.

Hungry tem uma legião de fãs nas redes sociais, com mais de 200 mil seguidores no Instagram, e já apareceu num placard na famosa Times Square, em Nova Iorque. Além disso, participa em vários shows de drag queens por todo o mundo.

Numa entrevista à revista Paper ela fala de como surgiu esta sua forma de se transformar que é tão original.

"Sempre gostei de fazer coisas com as minhas mãos; desenhar, pintar, costurar e construir. Os meus estudos em design de moda levaram-me a levar mais e mais looks obscuros, a que pensei que devia dar uso. O que me levou ao mundo drag, embora fosse na verdade o meu círculo de amigos. Começou como uma curiosidade e depois, muito devagar, tornou-se uma paixão e depois, até uma carreira.

Começou tudo de forma muito natural, como uma maquilhagem muito natural, porque eu tenho uma cara fácil para maquilhar. Era tudo sobre a ilusão de ser um pouco passageiro. Mas depois entrei mais no aspecto visual da forma de arte - a pintura, o exagero. Misturei maquilhagem drag com roupas andróginas que tinha feito para a escola e com alguns looks fabulosos que amigos me deram. Tornou-se mais e mais artístico.

Quando me mudei para Londres, para estagiar no Aitor Throup e na Vivienne Westwood, aconteceu a mudança mais severa. Percebi que Londres tinha tantas queens bonitas - que já não precisava de apresentar beleza, por isso comecei a dissecar a minha cara, a analisar as possibilidades e o espaço que tinha para maquilhagem e experimentação. [Pensei no assunto] como um padrão de costura, e em encontrar formas de o tornar mais técnico e mais compreensível, para mim."

Aproveita para espreitar Hungry a mostrar os seus dotes artísticos como maquilhadora no programa "James St James' Transformations"...

Também podes ver Hungry a fazer a maquilhagem de uma estrela das redes sociais alemãs...

Finalmente, espreita a performance de Hungry em Birmingham, no Reino Unido, durante um espectáculo de Sasha Velour no "The Nightingale Club"...

Gina Maria

Gina Maria

Moça católica e de boas famílias, apaixonada por secretas fantasias, eternamente interessada em mais, mais, mais...

blog comments powered by Disqus

Inserir Anúncio Gratis